sábado, 13 de outubro de 2012

O misterioso fascínio dos barbudinhos





"Não se conhece bem um homem que nunca deixou a barba crescer. Digo isto sem preconceitos porque não mais pertenço a confraria dos barbados. Mas estou convencido de que se conhece mal um homem que nunca deixou irromper na floresta de seu rosto, o outro, o selvagem, o agente adormecido, o hirsuto... Há mulheres que, tendo conhecido a sabedoria erótica da barba nos lençóis do dia, nunca mais se contentarão com a banalidade barbeada de outros amores... Indizível prazer é esse de confiar a barba. Inconsciente. Ritualisticamente. Bem dizia Walmor Chagas outra noite, num jantar, quando se discutia a metafísica da barba: a barba é uma máscara como no teatro - é outro em nós, um modo de o personagem se experimentar em cena..."
(Trecho extraído do livro "Que Presente Te Dar ", de Affonso Romano de Sant'ana)





Não é de hoje que é divulgado que muitas mulheres não curtem homens barbudos. Guiadas pelo senso comum, muitas acreditam que é coisa de homem maloqueiro. Só que eu sou uma das que remam contra a corrente e sentem tesão por homem com barba. Não sei se tem a ver com a minha alma neo-hippie, se é porque sempre curti idealistas/revolucionários, se é o fato de relacionar a barba com inteligência e virilidade.  Se bem que os barbudos não são inteligentes porque têm barba, eles têm barba por serem inteligentes! Enfim, é algo inexplicável... 
Diversos homens que eu admiro, de Che Guevara aos meninos dos Los Hermanos (passando por Brad Pitt e Johnny Depp - galãs da minha geração) ostentam ou ostentaram barbas maravilhosas. E o Beckham, gente?! A melhor fase dele é quando está barbudinho, talvez por dar uma certa "quebrada" na perfeição hollywoodiana...

Vim aqui apenas fazer um apelo: Homem, deixe sua barba crescer! Seja por preguiça,  rebeldia ou idealismo, não importa.Certeza que você conquistará a nata, porque há poucas "barbudetes" e, por isso mesmo, nós somos tão especiais.


7 comentários:

Natália Aquino disse...

Texto mais que necessário! hahah só fico preocupada dos barbudos, já poucos e algo soberbos na barba que ostentam, fiquem ainda mais inacessíveis! hahahahahha

Priscila Oliveira disse...

Também sou mais uma contra corrente! os barbudos exercem verdadeiro fascínio sobre mim! E realmente somos poucas e especiais! rsrs :)

vidaplanob disse...

Gata,
Estávamos eu e Fabian discutindo de onde nasce o fetiche. Eu com a cara peluda, ele não. E ainda não chegamos a lugar nenhum. Deve ter sido a vodka e a música do Roberto no USB que desviaram nossa conversa tão apropriada. Mas a barba é um ótimo acessório de sedução. E sim... Ai, ai. É uma delicia quando eles fazem carinho na gente arranhando os pelos no nosso corpo.
Escreva mais. Faça os fabricantes da Gillete falirem. Bjs.
artur massai

Lorena disse...

"Não sei se tem a ver com a minha alma neo-hippie, se é porque sempre curti idealistas/revolucionários, se é o fato de relacionar a barba com inteligência e virilidade." Isso e o fato de eu também gostar de maloqueiros.

Excavanha! disse...

eu odeio fazer a barba, acho um saco, mas a 'patroa' enche mais ainda para eu fazê-la... rs

Anônimo disse...

E vocês gostariam desses barbudos com os pelos pubianos? As "vampiras sugadoras" gostam destes rapados.
Outrossim, detesto gente barbuda à minha mesa, principalmente se estiver resfriado, além dos ácaros que trazem da rua.
Fernando Garcia

Sandra Silva disse...

Sensacional........Compartilho inteiramente da sua opinião, minha pobre mãezinha devia se perguntar “onde foi que eu errei” toda vez que eu cruzava a porta com um “tipo” desse como dizia ela, e digo dizia, porque a tempos encontrei meu barbado/poeta/alma-gêmea definitivo, hehehe. Mas só quem visitou o lúdico mundo dos belos, livres, sábios e malouqueirinhos barbados conhece o raro prazer de repousar á sombra de uma boa barba após horas de exaustão e compartilhar idéias sob a névoa da iluminação ^^. Adorei o trecho do livro, vou até procurar ....a primeira fotinha então, dispensa comentários, mas não os fazer seria um crime....Barbudo, cabeludo e magrelinho de doer, combinação preferida que desequilibra até as mais fortes !!!