sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Obrigada, baby!

"Mostra pra ela assim: o ontem errante foi o caminho certo para você chegar. É. Os idiotas que largaram suas mãos foram responsáveis por você estar ai, entrelaçando dedos, bolando planos e lambendo bochechas. Todos os moços que partiram seu coração merecem o teu agradecido obrigado - e nada mais."[Hugo Rodrigues] 

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Eternizando minha paixão pelo Chico Buarque




Fiz recentemente minha décima segunda tatuagem. Já falei sobre essa minha paixão em vários posts aqui no blog Acredito que algo marcado pra sempre em minha pele deve ter uma ligação forte comigo e desta vez não foi diferente. Escolhi escrever um verso da música João e Maria, do Chico Buarque. Nas palavras do próprio, a letra é baseada numa conversa de crianças. Que eu nunca perca essa ingenuidade infantil de acreditar na felicidade...


video



"Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três.

Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava um rock para as matinês.

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz.


E você era a princesa
Que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país.

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido.

Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
O tempo da maldade
Acho que a gente nem tinha nascido.

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim.

Pois você sumiu no mundo
Sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim."





Até que a coxa é um bom lugar, ne?! Eu não queria que ficasse  vulgar, coisa de tchuntcha e tal... Mas acho que no fundo a tatuagem e o local dependem mesmo é do estilo e postura da pessoa. 







sábado, 27 de abril de 2013

O Corpo


"A Igreja diz: o corpo é uma culpa.
A Ciência diz: o corpo é uma máquina.
A publicidade diz: o corpo é um negócio.
E o corpo diz: eu sou uma festa." 
[Eduardo Galeano]

Independente de seguir ou não um padrão de beleza imposto pela mídia, o lance é ser feliz com o nosso corpo. Acho que a grande questão é saber aproveitar as múltiplas possibilidades que ele nos oferece. Quando isso acontece, percebemos que ele é a nossa morada neste plano terrestre, daí acabamos cuidando bem dele, vivendo uma realização que não se prenderá aos limites do corpo.



Desfrute de seu corpo, esgotando todas as possibilidades que ele oferece.
É o mais incrível instrumento que você possui!




terça-feira, 12 de março de 2013

Fada Madrinha Feminista


Confesso que há um pouco de radicalismo aí e eu também não quero passar de escrava do lar para escrava do capitalismo, mas devo confessar que tenho orgulho de ter nascido nesta época. 
Dependência emocional é triste, mas dependência financeira é ainda pior.