quarta-feira, 29 de abril de 2009

Educação no estado do RJ


Segundo o resultado do último ENEM, DAS 100 PIORES ESCOLAS do estado do RJ, entre públicas (municipal, estadual, federal) e particulares, 96 PERTENCEM À REDE ESTADUAL DE ENSINO!
Das 4 piores que não são escolas estaduais, duas são municipais e duas são particulares.

Caraca, não podemos permitir que seja nosso o primeiro lugar de incompetência administrativa!
O que me surpreendeu foi que a maioria esmagadora das escolas são estaduais. Eu já sabia que o resultado do Enem seria ruim, aliás, acredito que a notícia não é nenhuma novidade, tanto para os professores, quanto para aqueles que têm um mínimo de informação com relação a nossa sociedade.

O pior de tudo é que o resultado depende de uma série de fatores e apesar desse (des)governo, de certos professores, certos alunos e até a própria família terem sua parcela de participação, é claro que a mídia manipuladora da massa vai culpar apenas nós, os professores. Está certo que o salário do Estado não é uma maravilha, mas muitos de nós amam a profissão e tratam os alunos de maneira amável, fazendo da melhor maneira possível o seu trabalho.

O problema começa no fato de que o número de professores para cada aluno hoje é muito menor do que há trinta anos atrás, assim sendo as turmas são grandes, tendo uma média de 40 alunos, difucultando ainda mais o atendimento individual e um aprendizado qualificado do que o professor transmite.

Além disso, os professores têm baixos salários e isso faz com que nós busquemos mais escolas para lecionar. Há colegas que dão aula para 12 ou 20 turmas. Quantos alunos não serão? Quantos trabalhos, provas e exercícios ele não terá que corrigir? Assim, atrapalha o planejamento, a pesquisa de conteúdos e a elaboração de aulas dinâmicas e diferenciadas...

Não acredito que eu, enquanto professora, sou a única culpada... Mesmo assim, podem esperar que seremos chamados de incompetentes e vagabundos pelo digníssimo Sérgio Cabral em rede nacional no horário nobre. Exatamente como fez com os médicos.

Para finalizar:
Viva o governo do estado do Rio de Janeiro!
Parabéns Sérgio Cabral, parabéns Tereza Porto (Secretária de Educação), parabéns PMDB/RJ que governa o estado desde 1998 - ok, nestes últimos 10 anos de (des)governos do PMDB, o PT deu sua "contribuição" com a Benedita em 2002.

Como a esperança é a última que morre, espero um próximo governo que entenda o que é valorizar a educação, pois salas climatizadas e microfones não adiantarão de nada sem a estrutura básica, já que professor - antes de tudo - precisa é de salário digno.



LINK p/ baixar o resultado de todas as escolas do RJ:

http://odia.terra.com.br/portal/educacao/infografico/09/04/enem2009/Enem_2009_Online.xls

6 comentários:

Mari disse...

Sei não Gabi, acho que a mídia aponta mais para as más condições de estudo, digo, a mídia não manipulada.

Júlia M. disse...

Os professores são vítimas do descaso com a educação, penso eu. Mas os mais prejudicados mesmo são os alunos, né?

Essa situação se reflete em todo o Brasil. Minas tem uma das melhores educações do país, e mesmo assim é uma porcaria.

Gostei desse post!

Ana Gabi disse...

Ih gente...
A cobertura de "O Globo" (bem ampla por sinal!) mostra que faltavam professores nas "piores" escolas, hehe!

Que bom que não estão culpando a classe! É má administração mesmo.

\o/

Prix disse...

Falta tanta coisa... Mas o que espanta é que a mídia quase não destaca um dos fatores principais... a família, a base para uma estrutura sólida. Tudo começa em casa e sem essa estrutura fica difícil lecionar... Ao menos não estão culpando tanto os professores...
Até!
=]

O cobrador disse...

Muito legal o blog!
Mostra a realidade da má administraço do governo do PMDB e PTralha.
Fui...
"EU DIGO NÃO Á DILMA PTRALHA."

Anelise Molina disse...

Querida!!!!

Tem selinho prá ti lá no "BE NICE OR LEAVE!".

Passa lá e pega!

Bjocas!