quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Aprendi no jardim de infância

Tudo que eu realmente preciso saber sobre a vida... Como ser... Aprendi no jardim da infância.

Não foi na universidade nem na pós-graduação que eu encontrei a verdadeira sabedoria, e sim no recreio do jardim da infância.
Compartilhar, brincar dentro das regras, não bater nos outros, colocar as coisas de volta no lugar, limpar a própria sujeira, não pegar o que não é meu, pedir desculpas quando machucava alguém, lavar as mãos antes de comer, puxar a descarga do banheiro.

Também descobri que café com leite é gostoso, que uma vida equilibrada é saudável e que pensar um pouco, aprender um pouco, desenhar, pintar, dançar, planejar e trabalhar todos os dias, nos faz muito bem.
Tirar uma soneca à tarde, tomar muito cuidado com o trânsito, segurar as mãos de alguém e ficar juntos, são boas formas de enfrentar o mundo.

Prestar atenção em todas as maravilhas e lembrar da pequena semente que, um dia, plantamos em um copo de plástico. As raízes iam para baixo e as folhas iam para cima, mas ninguém realmente sabia nem porquê. Mas nós somos assim!

Peixinhos dourados, ratinhos brancos; e até mesmo a pequena semente do copo de plástico, tudo morre um dia. E nós também.

Tudo que você realmente precisa saber esta aí. Faça aos outros aquilo que você gostaria que fizessem para você...
Amor, higiene básica, ecologia e política contribuem para uma vida saudável.

Penso que tudo seria melhor se todos nós - o mundo inteiro - tomássemos café com leite todas as tardes e descansássemos um pouquinho abraçados a um travesseiro.
E ainda é verdade que, seja qual for a idade, - o melhor é darmos as mãos e ficarmos juntos!

Texto de Robert fulghum - tradução de Ernesto H. Simon





OBS: Por que a gente teima em complicar o que é tão simples, hein?!

11 comentários:

Haydée Borges disse...

Voltei aqui pra ler o texto sobre dedicação, pra me dar ânimo pra continuar malhando, apesar das dores em TODOS os músculos, hahahah.
Mas esse texto tb é bom. =*

Inspirações disse...

Que 2009 seja um grande ano em sua vida. Que seus sonhos se realizem e que você encontre paz. Saiba que, se precisar de um amigo, aqui estarei.

Estarei acompanhando o seu blog. Acompanhe o meu também, seja uma amiga do blog...

Te espero lá...

Um grande abraço,

http://inspiracoesmatinais.blogspot.com
inspirações.matinais@gmail.com

Cynthia disse...

Sempre queremos complicar o simples, e (tentar) simplificar o complicado!
Somos assim mesmo.

Beijo!
;)

Talita do Vale disse...

Ai o Jardim de Infância...
Gostei tanto que repeti =D

;**

Biel, o Bardo disse...

ai ai...
o simples é bom para quem fala, a gente quando pode sempre opta pelo outro caminho. é aquela história de superação... af..
quem foi que disse que pra ser melhor tem que ser mais difícil?! tem coisa mais gostosa que pao com manteiga e um chocolate quente?
hehhe...
ah, adorei a fotinha do ladinho, pedindo atençao!!

Aninha disse...

pela citacao da pos me lembrou q esse ano vou fazer uma heheheh
obrigada pelos parabens e um otimo ano para nos!

Miguel Barroso disse...

bastante sim+ples.


olhares de musgo e lágrimas de pedra.



Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

LuMello disse...

ADOREI!
e tb não sei pq complicam. se a maioria das pessoas seguisse essas regrinhas básicas q aprendemos no Jardim, muito problemas seriam evitados.

Barbara Bastos disse...

Ganhei este livro de presente de uma amiga em 2000. Já li este livro mais de mil vezes. É fantástico. Realmente nos dá a verdadeira medida das coisas, a simpliscidade da vida.

meus instantes e momentos disse...

gosto daqui.
Tenha um feliz final de semana.
Maurizio

Lucia Cintra disse...

Nossa, esse foi um dos melhores e profundos textos que ja li ate hoje. Obrigado por compartilhar conosco. Bjos