domingo, 18 de janeiro de 2009

De créu em créu...



Ainda sobre os efeitos da minissérie Maysa, comecei a refletir sobre os rumos da MPB e percebi que hoje o que toca nas rádios é só créééééééééééééu...
Nada contra o gênero musical funk (já fui a baile e dancei a noite toda, hehe!), mas o problema é que a cultura funkeira já "dominou" a produção fonográfica brasileira - ganha mais dinheiro quem lançar um MC com uma dançarina gostosa do que um grande compositor, que reflita sobre coisas da vida e tenha letras consideradas complexas - e a cabeça de grande parte da juventude, já que os jovens só querem saber de bancar as tchutchucas e os prostitutos, né?!

Mesmo assim, acho que a MPB tem tido seu espaço, principalmente nas vozes femininas. Vide Maria Rita, Roberta Sá, Vanessa da Matta....
Bom, mas de qualquer maneira, a Música Popular Brasileira é e sempre será reconhecida por aqueles que tiverem bons ouvidos e souberem valorizar, né?!

5 comentários:

DEUSA PAGÃ disse...

Viva a MPB! Viva as novas cantoras ......vou responder a meme!
Bjos,...

Cynthia disse...

Com esse seu post, você fez eu me orgulhar do meu gosto musical, viu?
Ainda bem que nunca fui no embalo de muitas amigas minhas, e não virei uma tchutchuca... nem troquei minhas músicas por "créus".

Beijo!
;)

Rafaela. disse...

Ah, tenho bons ouvidos e sei apreciar boa música sem deixar de lado o batidão que é uma delícia pra queimar caloria! :D

DEUSA PAGÃ disse...

Tá respondido!!!! Bjos e ótima semana.

Haydée Borges disse...

Sabe que qnd me perguntaram aqui em Portugal se eu conhecia o créu eu fiquei apavorada. Primeiro pq eu ainda não conhecia, tava por fora, mas depois de um "passeio" pelo youtube fiquei desesperada por isso ter virado referencial pra música brasileira. Ai, Jesus!