quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Obama (L)

Geeeeente, o Obama ganhou as eleições!!! Sei que sou péssima falando de política mas não posso deixar de comentar.

Estou muito feliz... Para mim essa vitória representou a força da democracia e o desejo por mudanças. Fiquei emocionada ao perceber que ainda há pessoas que confiam e têm esperanças na política.


“Demonstramos que a força autêntica de nossa nação
não vem do poderio de nossas armas
ou da magnitude de nossa riqueza,
mas do poder duradouro de nossos ideais:
democracia, liberdade, oportunidade e firme esperança.
A verdadeira genialidade dos EUA:
o país pode mudar”

Barack Obama, discurso da vitória



As mudanças certamente serão lentas (ainda mais com essa crise aí!), mas só o fato de termos um negro, multicultural e ainda por cima com perfil pacificador como presidente dos Estados Unidos já é alguma coisa. Pelo menos agora vislumbro uma política de união e cooperação e não uma política da guerra. Espero que ele acabe com o bloqueio econômico dos americanos a Cuba e retire as tropas do Iraque!

Eu imediatamente me lembrei da minha época de faculdade (sim, eu era militante e usava estrelinha do PT na jaqueta jeans, tá?!) quando a vitória do Lula apontou para uma mudança também. O problema é a esperança virar frustração, mais ou menos como aconteceu aqui, né?! Mas ainda assim acredito na mudança, pois o Obama é muito mais preparado.

Sei que tem gente que deve estar pensando: ”o que isso mudará na minha vida, porra?” Mas eu, idealista que sou, não posso deixar de vibrar com isso, hehe! Lembrando que ele teve 2/3 dos votos dos jovens, né?! Ainda bem que a galera da minha idade ainda é sonhadora. Fico feliz por estarmos presenciando as mudanças dessa nova fase da história que esta só começando. Tenho muito orgulho de ter nascido nessa época! Deve ser a mesma emoção sentida durante a queda do muro de Berlin, que também era algo super improvável, né?!

Ah,, já to imaginando os jovens nas ruas com a camisa do Obama, né?! Dividirá lugar com o Che Guevara, hehe!

Só para fechar quero citar as palavras do famoso discurso “Eu Tenho um Sonho” de Martin Luther King, um dos principais responsáveis pelo fim da segregação racial e o maior líder negro da história dos Estados Unidos:


“Eu tenho um sonho que minhas quatro pequenas crianças vão um dia viver em uma nação onde elas não serão julgadas pela cor da pele, mas pelo conteúdo de seu caráter.”

(Luther King, Discurso realizado em 28 de agosto de 1963, em Washington, EUA)


OBS: Antes que digam que além de idealista sou ingênua, sei muito bem que a mídia desde o início foi totalmente pró-Obama. Mas de maneira alguma posso deixar de admirar e louvar o fato de um negro pela primeira vez ser eleito presidente dos EUA. O que acontecerá agora só o tempo vai mostrar. Mas que é um momento histórico isso é. Eles são muito conservadores e discriminam demais a raça negra, os latinos e afins. E Obama além de negro, ainda tem origem mulçumana, hehe!

Ah, e eu avisei que era péssima falando de política, ok?!

13 comentários:

DuDu Magalhães disse...

hum, também não sou muito bom.

Acredito que Obama ganhou o poder e um enorme abacaxi. O povo vai querer mudanças rápidas e, sabemos, não será assim. Então de "Deus" passará à "Diabo"


Triste realidade da sociedade imediatista...


http://visaocontraria.blogspot.com/

Priscila Gomes disse...

Nao tem nada de péssima, hein! rs

Acho q estamos todos esperançosos quanto à mudanças e a uma democracia baseada no diálogo e sem a famosa prepotência do tio sam.
bjus

http://achomuitacoisa.blogspot.com/

Vanessa disse...

Tomara que ele consiga segurar essa ansiedade do povo diante dessa crise lascada que vai ter que resolver...
Mas vejo que ele é sim um bom candidato que vai colocar tudo nos eixos, porém a longo prazo...

Será que escrevi besteira? não sou super entendedora de política, apesar de estar gostando cada vez mais...

Bjo!!

rosangela disse...

eu tb não sou nada boa em questão de politica .. já foi vencido um obstaculo e dos grnade .. afora ele vai ter que mostrar serviço e acho que não vai ser pouco não .. tb fiquei feliz com a vitória dele ... estamos evoluido ..rsrs

Abç.

Lílian Stein disse...

A mudança não é milagre, e é uma pena o povo pensar assim. Obama vai receber um país bem fragilizado, mas o "simples" fato de ele ser negro e multicultural, como tu disseste, já muda totalmente o olhar do mundo sobre os Estados Unidos.
Todo mundo torceu por ele, porque ele é esperança do fim do autoritarismo que tomou conta das ações do Todo-poderoso mundial.

Adorei o post, favoritei teu blog!
Beijão

Caroline disse...

Grande vitória a eleição de Obama para o povo norte-americano, bem como para o mundo de uma maneira geral.

Não podemos esquecer mesmo que há uma crise e ele vai ter que ser Super-Homem mesmo, estamos na torcida.

Gostei do blog... Beijinho!:)

http://pollyefeffer.blogspot.com

Baby disse...

Simmm, posto sempre que posso, tento postar todos os dias, mas nem sempre dá...
vou te favoritar também ok?
valeuu! e volte mais vezes sim!!

;**

wordsofbaby.blogspot.com

Mari disse...

Eu acho que você escreveu muito bem. Eu não gosto de política, por isso nem me atrevo muito, hehe, mas gostei do resultado, eu votaria nele, só o fato de ser pacifista e não pró-guerra me simpatizou.
Bjks.

Valter Montani disse...

olá tudo bem?

pelo jeito você gosta de poesia, se quiser venha conhecer meu blog.

bjs

Henrique Costa disse...

Eu tb acredito q o Obama fará coisas boas, mas o cara ta com um "abacaxizão" pra resolver...

abraço gente..

jhulyjohns disse...

Não gosto dos EUA, mas torci para o Obama como em uma final de copa do mundo!

CrápulaMor disse...

Concordo. É claro que Obama não vai resolver todos os problemas do mundo. Aliás, não vai resolver nem mesmo os dos americanos por um bom tempo. Mas isso não ofusca a importância da sua eleição.

artur massai disse...

nao acho que obama ganhou por causa de uma democracia q funcionou.
ele ganhou porque teve uma propaganda melhor, era novo e cool.
virou icone de moda.
q ele representa mudança assim como nosso Lula, ah! ele representa.
]vamos ver.
abraços