quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Amor é sintese

"Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu...
Ciumento, exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.

Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor."
Mário Quintana



Hum.. será que o amor é mesmo síntese como ele disse?

Acredito que devemos aceitar análises profundas e olhares mais atentos, desde que venham contribuir com algo, porque a crítica só pela critica não vale, hehe! Há pessoas que são amargas por natureza e sempre reclamam de tudo, né?!
Quando o assunto é relacionamento amoroso, aí é que o diálogo é sempre fundamental. Desde que a gente saiba dizer as coisas de maneira a não ofender o outro e caso isso aconteça desfazer o mal entendido logo!
Eu, particularmente, não me importo que procurem meus pontos fracos, até porque eu mesmo os exponho, não tenho grilo com relação a isso.

Gostei ainda mais da segunda estrofe do poema... O que vale é o todo, né? Se os pontos positivos superarem os negativos não há problema que não possa ser resolvido com amor!

9 comentários:

Biel, o Bardo disse...

"ai ai... o amor, o sexo..."
hehehe... me veio essa música na cabeça!
coisinha complicada esse um! mas eu não conseguiria dfini-lo em algo tão sintético. sei lá, amor pra mim, se o há realmente, é muito mais que isso ("eu não vou gostar de você porque sua cara é bonita")
Tem que haver análises, considerações, diálogos-nada-a-ver também. Afinal, síntese é resumo. Resumo é apenas um apanhado... QUERO MAIS É O TODO! hehhehe

Mari disse...

Eu exponho os meus pontos fracos comedidamente, primeiro observo e depois arrisco, sei que não dá para saber se posso ou não cair de cabeça em uma relação, mas uso do meu bom senso e principalmente da minha vontade, melhor fazer por mim do que esperar que o outro demonstre alguma segurança, afinal, eu quero mais é viver!

Kaka disse...

Pontos fracos só devem ser espostos a quem nós confiamos, pois só essas pessoas que podem nos ajudar. Mas eu acho que pelo menos 90% do ser humano tem pelo menos um ponto fraco. O Amor!
Isso é fato, existem sintomas que explicam o amor, quando começamos a amar, ficamos "cegos", "surdos" e criamos uma fala confusa, falamos o que não devemos dizer e em fora de hora. rsrsrs

Ronaldinho disse...

muito lindo o texto, e é nessas horas que digo

a medida de amar é amar sem medida

Cara Pálida disse...

É, o amor está no ar! E concordo com o texto se os aspectos positivos superarem os negativos, está tudo bem!

RodrigO [OsBunitãO] disse...

Tbm gostei mais da segunda estrofe...
Sou fã do Quintana! Muito show toda sua obra!

Cássia Barbosa disse...

Ain, eu não consigo dialogar sobre o amor...
É um dos assuntos que eu fujo... Já em fez sofrer demais.

arash gitzcam disse...

Êu adoro amor porque amor se dá no cacho, amor se dá penacho, pouca chuva, febre lebre. A não ser que o último pequeno príncipe deixe de me amar e eu já não saiba mais o que fazer de mim, pôxa.

Kacau disse...

Rita lee canta uma música que define bem esse assunto "Sexo e amor" prestem a atenção na letra.

http://messnatural.blogspot.com/